CATEGORIA MINUTO

CorPoeira

Sinopse: Vento brando, poeira sutil. A passagem em um corpo POEIRA mostra a importância do equilíbrio de tempo, interferindo-se em uma ação natural dos acontecimentos. A poeira é associada ao grande e precioso tempo. O tempo é o lugar, o corpo e a poeira. O que era poeira transforma-se em brisa, e a calmaria e fluidez, substitui o caos. Corpoeira é a relação da grande poeira da vida. Representado pelo corpo que se move através da terra, em tons claros que simbolizam a relação do que é sereno e do que é modificado pela poeira da vida. A proposta desse trabalho ressalva a importância de reconhecer-se e aceitar a “poeira-tempo” como parte do CORPO, seja ele passado, presente ou futuro.

Ficha técnica:
Bailarina Intérprete: Kristiany Nascimento/ Filmagem: Thamires Rodrigues/ Edição de Vídeo: João Espíndula/ Trilha Sonora: Corner Dance – Travis Lake Morning – Meredith Moonk.

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Danada

Sinopse: Danada reivindica e reverencia a potência do Ser Mulher em experimentação e movimento. Na sua travessia particular, o vermelho de seu sangue atravessa um mundo ornamental, explorando as suas camadas em pele, osso, boca, cabelo. A mulher vivencia uma devoção ao seu ventre construindo o seu desejo no relevo do caminho que desenha o seu corpo no espaço, marcando texturas, sensações e memórias.

Ficha técnica: Direção: Kamyla Matias/ Fotografia: Juliana Lima/ Performance: Kamyla Matias/ Edição: Kamyla Matias/ Trilha Sonora: Running Through The Forest – Doug Maxwell.

Desídia

Sinopse: Segundo o dicionário Michaelis, desídia significa: “Falta de disposição para agir em qualquer circunstância; indolência, ociosidade” Artistas, professores, autônomos, mulheres, classe trabalhadora em geral, periféricos, enfim … cada vez mais largados a desídia de políticos e governadores que não abrem mão de suas regalias muito menos cumpre sua função de trabalhar pelo povo. Estamos no precipício, é necessário mais que nunca AGIR.

Ficha técnica: Dançarina: Mika Kuma/ Trilha Sonora: Look Down- Zap San

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Expirar

Sinopse: ex·pi·rar do latim exspiro, -are ou expiro, -are, lançar soprando, exalar, deixar escapar, sair, escapar, evaporar, morrer, respirar.

Ficha técnica: Criação, performance e edição de vídeo: Luíza Z/ Música: Max Tavares

Fabi em Sequência – ERA

Sinopse: Esse projeto surgiu a partir da demanda da artista de dança contemporânea, Fabiana Vintem, com o intuito de tornar palpável e visual sua dança através de poemas feitos por ela. O produto final consiste em nove videodanças de até um minuto com base em seis poemas pessoais que ela nos forneceu como ponto de partida da criação. Foi então que surgiu o projeto “Fabi em SEQUÊNCIA” com processo de criação e execução do projeto feito pela Panorama Criações.

Ficha técnica: Bailarina e Idealizadora: Fabiana Vintem/ Direção de Produção: Carol Lacombe/ Direção: Rebeca Melo/ Direção de Fotografia – Júlia Lamounier/ Direção de Arte – Babi Gomes

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Looping

Sinopse: Os dias tem sido um como uma cena que se repete, curta, um disco arranhando, um relógio parado.

Ficha técnica: Edição: Águi Berenice/ Em cena: Águi Berenice/ Voz: Águi Berenice/ Texto: Jessica Lousada

Reconfigur(ação) do espaço

Sinopse: Incitado pelos escritos poéticos de Fernando Pessoa, um corpo confinado meio à pandemia reconfigura o espaço através da dança.

Ficha técnica: Imagens: Kalina Aires/ Edição: Kalina Aires/ Coreografia: Kalina Aires/ Dançarina: Kalina Aires/ Música: The Swell Season/ Texto: Livro do Desassossego (Fernando Pessoa).

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Travessia

Sinopse: Travessia – um jogo com as telas que me entornam, esvazio-as para que então me abram passagens por onde o meu corpo escapa. Travessia começou com um sonho durante o período de isolamento social (Pandemia Covid-19, 2020). No sonho, minha casa estava imersa em água, como um grande aquário. E eu me movia, nadando-dançando e aguardava pessoas com quem iria compartilhar esta minha instalação. Acordei e decidi seguir esse fluxo e inundar as telas que estão na minha casa (celulares, notebook-tablet, tv), escorrer, rolar por entre elas. As telas que estavam “demasiadas” para mim. Sobrecarregadas e me sobrecarregando, por serem os meios para as principais atividades dos meus dias, entre comunicação, estudos e trabalhos nestes tempos de isolamento.

Ficha técnica: Concepção, performance e produção Maryah Monteiro.

Tudo o que eu não falei

Sinopse: Todos os dias penso demais e falo muito pouco. O mundo dá voltas e voltas e voltas. E o corpo também. Uma dança que incorpora a reclusão, o silêncio, as incertezas e o sentimento de impotência que me assola.

Ficha técnica: Concepção, roteiro, direção, corpo e edição: Lígia Villaron/ Captação de imagem: Caio Lang

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Tudo que olho com atenção

Sinopse: O trabalho faz parte de uma série de experimentos com a abstração de um elemento da dança Voguing, o Hands Performance, que é utilizado como forma de procurar, produzir e insinuar imagens, como a referência quase que acidental à pintura de Michelangelo. Tudo que eu olho com atenção propõe um olhar com segundas intenções aos elementos mais comuns que nos cercam como uma planta que nasce do asfalto, o manjericão que brota no quintal, o céu e nossos gestos.

Ficha técnica: Intérprete/diretora: Mariah de Castro